Os 6 alimentos que evitam o sono

alimentos que evitam o sono

A ingestão de alimentos tem uma predominância gigantesca em vários pontos de nossa vida, entre eles a qualidade do sono e seus efeitos sobre nós mesmos. Se você tem alguma complexidade em adormecer, a ingestão de alimentos é um dos pontos a serem verificados, devido ao fato de que existem alimentos que têm a capacidade de dificultar e cortar seus triunfos de descanso.

Devido a este impacto, tais alimentos são recomendados para aqueles que querem mais energia para fazer as ocupações da vida diária, e têm que ser evitados por aqueles que sofrem de insônia. Conheça alguns desses alimentos estimulantes:

Alimentos que diminuem o sono:

O café

O favorito monumental quando é necessária mais energia, e uma das bebidas mais reconhecidas não apenas no Brasil, mas internacionalmente. Seu principal componente é a cafeína, e quando esta substância está na corrente sanguínea, entra em contato com certos receptores no cérebro, onde a adenosina, o indicador de sono, é armazenada.

Consequentemente, a cafeína se encaixa nesta área, deixando o corpo humano mais alerta e com uma falta de percepção de aptidão e energia. Além de sua ação energética, esta bebida possui características que têm a possibilidade de manchar os dentes e métodos, como a prótese dentária, enfatizando a necessidade de seu consumo moderado.

Chocolate

O chocolate preto e semiduro tem teobromina em sua estrutura, um elemento que influencia o batimento cardíaco e limita o sono. Quanto mais amargo for o chocolate, mais ele contém esta substância.

Para aqueles que precisam regular seu sono e não têm a possibilidade de retirar este doce de sua dieta, a solução é consumir chocolate branco, pois ele não contém teobromina.

Especiarias artificiais

As especiarias artificiais permanecem presentes na maioria dos alimentos fabricados, tais como macarrão instantâneo, sopas em pó, batatas fritas e salgadinhos embalados.

Estas especiarias perturbam o sono, pois contêm uma proporção gigantesca de glutamato monossódico, que influencia a insônia e também é prejudicial à saúde. É bom evitar o consumo destes produtos na hora de dormir, preferindo comer pratos saudáveis.

Pimenta

A pimenta e seus molhos derivados têm a possibilidade de criar um desconforto intenso na região do estômago. Portanto, comer alimentos picantes à noite, além de interferir no sono, pode causar má digestão e azia. Se a falta deste alimento for suficiente, procure consumi-lo apenas durante o dia, longe do momento em que normalmente descansa.

Farinha de aveia

A farinha de aveia é um alimento rico em fibras, nutrientes e proteínas, e é através destes elementos que ela influencia a privação do sono.

Por esta razão, tente consumir este alimento somente durante o dia, a fim de conservar a energia do corpo para fazer seu trabalho; não é sugerido consumi-lo durante a noite.

Outros exemplos

Outros alimentos energéticos são: chá verde, chá mate, chá preto, gengibre, guaraná em pó, bebidas energéticas.
Assim, agora que você sabe quais alimentos têm o potencial de causar o sono, você pode regular sua ingestão de alimentos e melhorar a qualidade de seu sono.

O consumo destes alimentos não deve ser cortado, mas consumido na hora certa, sem afetar negativamente o sono. É através desta reeducação alimentar que a energia poderia ser “renovada” somente nos momentos certos.

Recommended Posts