O que é o dia mundial de combate a AIDS?

Amplamente conhecida por decorrência da sigla em inglês Acquired Immunodeficiency Syndrome (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), a AIDS é uma doença que, atualmente, afeta milhares de pessoas em todo o mundo.

Mesmo com a realização de mensagens para a combater o seu crescimento, vemos que muitas pessoas desconhecem as formas de prevenção desta doença, o que faz com que sejam necessárias a criação de novos métodos para sua conscientização sobre os riscos de se contrair tal enfermidade.

Por sua importância, este tema deve ser debatido e difundido entre a população diariamente, porém, contar com uma data especialmente reservada para a discussão deste problema social se fez uma importante ferramenta.

Dia Mundial do combate a AIDS

Podemos perceber que, ao decorrer dos anos, muitos indivíduos entram no contexto de tal doença por diversos motivos, como a desinformação sobre os cuidados que devem ser tomados para se evitar a infecção pela mesma.

Pensando nisso, as autoridades de saúde, em um âmbito mundial, passaram a adotar estratégias eficazes de combate ao aumento do número de casos desta doença, como a criação do dia mundial de combate a AIDS.

Celebrado todos os anos no dia 1º de dezembro, e adotado no Brasil desde 1988, este dia traz consigo a possibilidade de se conscientizar a toda a população sobre aspectos como a sua prevenção, bem como evitar a discriminação social sofrida, muitas vezes, por seus portadores.

AIDS: Importância da prevenção

Assim como as demais enfermidades nas quais existe a possibilidade de métodos de prevenção, a AIDS deve ser amplamente debatida pela sociedade, visando aumentar o conhecimento popular sobre o tema.

Com isso, criar oportunidades para o debate de assuntos desta doença pode fazer com que, em um curto espaço de tempo, sejam reduzidos os casos de infecção e transmissão.

Estar atento a usar preservativos, nunca compartilhar seringas de nenhum tipo e sempre que for fazer uma tatuagem, colocar piercings e alargadores verificar se a empresa é reconhecida pela Anvisa e esteriliza corretamente seus instrumentos.

A AIDS é séria e pode levar a morte. Um usuário ao ascender um cigarro, usar cachimbos e outros acessórios do tabaco não irá se contaminar, mas ao compartilhar seringas já é bem arriscado.

Garotas de programa têm se prevenido cada vez mais ao longo dos anos, a Anvisa sempre busca orientar e fazer campanhas de prevenção contra o HIV, principalmente para quem trabalha neste ramo.

Realidade dos infectados pela AIDS

Infelizmente, facilmente encontramos relatos de pessoas que são descriminadas em suas realidades por serem portadoras de tal enfermidade, o que evidencia ainda mais a necessidade de esclarecimentos a seu respeito.

Isso porque, mesmo com a ampla divulgação dos meios de comunicação sobre o assunto, ainda encontramos situações e lugares onde as informações a respeito deste tema são escassas e muitas vezes repassadas erroneamente.

Sendo assim, para se desenvolver canais alternativos de combate ao preconceito contra pessoas portadoras de AIDS, devem ser tomadas medidas que busquem retratar o dano que tal ação pode causar na vida destas pessoas.

Conclusão

Na contramão do avanço social em relação a muitos temas, as discussões a respeito da AIDS ainda são um forte paradigma a ser quebrado dentro da realidade de diversas regiões mundo afora.

Neste sentido, alternativas como a criação de um dia especialmente direcionado ao amplo debate sobre este tema podem ser vistas como um alento, principalmente por pessoas que sofrem pelo fato de portarem esta doença.

Para tanto, este texto teve por missão tornar nítida a importância de se ampliar os conhecimentos que devemos ter sobre esta data, bem como os reflexos positivos que esta discussão pode ter sobre a sociedade.

Recommended Posts