Fraxx: o que é, como é feito, preço e antes e depois

fraxx

O fraxx é um tratamento estético que promove o rejuvenescimento da pele por meio de ondas de energia em alta frequência.

Essas ondas são responsáveis por realizar todo o procedimento e promover a renovação da pele e estímulo da produção de colágeno.

Confira mais a respeito dessa técnica, sobre como é realizada, quando é indicada, para que serve e o antes e depois:

fraxx o que é

Fraxx o que é?

Fraxx é o nome do equipamento utilizado para realizar esse procedimento, ele utiliza ondas de energia eletromagnética em alta frequência que se assemelham a ondas de rádio.

Essas ondas removem alguns pontos da camada mais externa da pele, fazendo com que o corpo trabalhe para repô-las.

Esse processo gera a necessidade de produzir novas células e novas enzimas. Desse modo, o rejuvenescimento ocorre devido ao trabalho do corpo para cicatrizar os locais danificados durante o procedimento.

Essa regeneração ocorre juntamente com a produção de colágeno, o que acaba dando à pele uma aparência mais jovem.

Além disso, o fato de não atingir toda a pele faz com que seu processo de recuperação seja mais rápido do que outros métodos.

Como é feito o fraxx radiofrequência fracionada?

Fraxx é um tratamento que garante uma aparência mais jovial para a pele a partir do estímulo da produção de colágeno.

O nome “fraxx radiofrequência fracionada” é dado devido ao fato do equipamento trabalhar utilizando ondas eletromagnéticas de alta frequência e em pontos específicos.

Portanto, a radiofrequência vem do fato das ondas se assemelharem a ondas de rádio, enquanto fracionada é devido ao procedimento atingir pontos específicos sobre a pele.

Desse modo, o tratamento funciona através da remoção de determinados pontos da camada mais externa da pele.

Isso estimula a produção de colágeno para a cicatrização desses pontos, e isso acaba promovendo um rejuvenescimento da pele.

Sendo assim, o fraxx promove uma aparência mais jovem de maneira “natural”, visto que ele é um procedimento que estimula o próprio corpo a realizar o processo para obter uma aparência mais jovial.

Dessa maneira, além de uma aparência mais jovem, ele garante uma pele mais firme, removendo a flacidez dela.

Por ser um processo que ataca certos pontos da pele, ele pode acabar provocando dor, motivo pelo qual é necessário utilizar um creme anestesiante antes do processo.

A recuperação total geralmente acontece após a primeira semana, podendo variar de acordo com a velocidade de cicatrização do paciente.

Além disso, é bastante comum que a região onde o procedimento foi feito fique inchada após os primeiros dias. E para auxiliar o processo de cicatrização é recomendado evitar tocar, esfregar e afins na região. No caso do fraxx nas partes íntimas, o paciente deve abster-se de relações sexuais durante os primeiros dias.

Leia também: Alimentação no pós-operatório

Quem pode e para que utilizar?

O fraxx é utilizado para rejuvenescer a pele, portanto, ele pode ser utilizado na região do rosto, pescoço, tórax, braços, pernas e até mesmo nas partes íntimas femininas.

Além de sua função estética, ele pode ser utilizado para tratar algumas condições específicas que vão além da estética, podendo solucionar problemas relacionados a região íntima feminina.

Na questão estética ele pode ser utilizado principalmente para tratar manchas, rugas, papadas, cicatrizes deixadas por acnes, estrias e até mesmo olheiras.

Entretanto, ele não é recomendado para pessoas que utilizam marca-passo, visto que as ondas liberadas pelo fraxx podem interferir com o aparelho, podendo gerar problemas

Fraxx antes e depois

Esse tratamento consegue aliviar vários sintomas normalmente causados pelo envelhecimento, o fica muito visível quando comparamos os resultados do fraxx antes e depois.

Desse modo, a partir da comparação do fraxx antes e depois de acordo com o local onde ele foi aplicado é possível perceber mudanças na/no:

  • Aparência da pele;
  • Quantidade e tamanho de rugas presentes, tanto pequenas quanto grandes;
  • Firmeza da pele;
  • Manchas causadas pelo sol;
  • Número de estrias;
  • Olheiras;
  • Marcas de idade;
  • Cicatrizes de espinha;
  • Problemas causados pela menopausa ou avanço da idade feminina.

Leia também: O que é ginecomastia?

Frax preço  sessão

O tratamento do fraxx geralmente é realizado durante 3 sessões, sendo que antes do fim do tratamento já é possível perceber as diferenças.

Além disso, por se tratar de um procedimento que ataca o corpo, é importante que haja um espaçamento entre as sessões do tratamento.

Isso se faz necessário para que ele tenha tempo para se recuperar e desinchar e ficar preparado para a próxima sessão.

Desse modo, o valor do procedimento de fraxx pode variar de acordo com a região onde será realizado, clínica, localização e profissional.

Portanto, visto que todos esses fatores podem influenciar no valor da sessão, não é possível estabelecer um preço fixo.

Dessa maneira, o valor da sessão de fraxx pode variar de R$ 1.500 (mil e quinhentos reais) a R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais).

Entretanto, para evitar possíveis complicações, é recomendado procurar clínicas que possuem um bom histórico e profissionais qualificados e capacitados para oferecer o melhor atendimento.

Então o que está esperando para realizar suas sessões e resolver as condições estéticas que baixam sua autoestima e te impedem de ser feliz?

Como deve ser a alimentação no pós operatório?

alimentação no pós operatório

Alguns cuidados devem ser seguidos para garantir ao paciente que foi submetido a uma cirurgia, um bom pós operatório, no caso de uma cirurgia de harmonização facial por exemplo, apesar de ser um tratamento não cirúrgico, esses cuidados também são necessários.

Vejamos o cuidado que se deve ter ao realizar este procedimento e também qual a alimentação correta para garantir uma boa recuperação.

Qual a importância da alimentação no pós-operatório?

Assim como todo tipo de procedimento cirúrgico, no caso da harmonização facial a alimentação possui grande importância para a garantia de uma boa recuperação.

Ela é essencial tanto para assegurar a saúde do paciente, quanto para garantir que os resultados da cirurgia ou da harmonização, após as aplicações, sejam alcançados.

Antes do procedimento ela é eficaz para fazer com que o organismo do paciente esteja preparado para passar pelo processo.

E após a cirurgia uma boa alimentação é fundamental para garantir que o paciente esteja com o sistema imunológico saudável, garantindo a ele uma boa recuperação, resultados mais satisfatórios e uma cicatrização mais rápida.

Quais alimentos devo ingerir?

Separamos aqui alguns destes alimentos que ajudam a garantir esses benefícios na cirurgia, é o caso de:

  • Alimentos macios
  • Água
  • Peixe
  • Grãos
  • Frutas
  • Alimentos integrais
  • Líquidos

Confira de forma detalhada, os benefício de cada um desses alimentos:

Alimentos macios

Por envolver áreas do rosto, no após procedimentos no rosto como a harmonização facial evite alimentar se de alimentos duros que dificultam a mastigação, esses tipos de alimentos exigem uma movimentação brusca da boca e dentes, o que pode atrapalhar a cicatrização.

Água

Hidrate-se, essa dica é muito importante para nossa saúde em geral e em qualquer momento, porém que se faz necessária durante procedimentos cirúrgicos. A água ajuda a manter o funcionamento de todos os nossos órgãos.

Além disso, ele ajuda a diminuir os inchaços causados pela retenção de líquido, que pode acontecer durante o pós-operatório. Ela também ajuda na limpeza dos rins, que pelo uso de muitos medicamentos após a cirurgia estarão sobrecarregados.

Peixe

Os peixes são ricos em alguns nutrientes que são essenciais no processo de recuperação da cirurgia. Eles ajudam a evitar inflamações e contribuem para a cicatrização da cirurgia.

Grãos

Por em sua maioria conterem ferro, os grãos ajudam a prevenir a anemia e garantir uma cicatrização rápida, por isso, esses são alimentos que devem fazer parte da alimentação pós-operatória.

Frutas

Todo mundo sabe que as frutas são ricas em vitaminas, elas contribuem para uma boa recuperação. No caso das frutas cítricas, a presença da vitamina C ajuda na absorção de ferro, melhora a imunidade e aumenta a produção de colágeno.

Já as frutas vermelhas possuem compostos antioxidantes que ajudam na circulação sanguínea, previnem infecções e inflamações após a cirurgia.

Alimentos integrais

Por reduzirem a constipação intestinal e melhorarem a circulação sanguínea, as fibras que estão presentes nos alimentos integrais ajudam na recuperação dos pacientes.

Líquidos

Os líquidos assim como a água, ajudam na recuperação garantindo ao paciente uma boa hidratação do organismo e evitando os inchaços.

Outros cuidados que se deve manter após os procedimentos cirúrgicos

Além da alimentação, alguns cuidados colaboram para uma boa recuperação após a cirurgia. Não faça atividades físicas, para evitar o surgimento de hematomas na área em que o procedimento foi feito, é recomendado aguardar 24 horas.

Não faça massagens no local da aplicação, a área ainda está sensível e toques muito bruscos acabam machucando a pele, ao invés da massagem faça compressas de gelo, para aliviar a dor, elas também ajudam a desinchar.

Use filtro solar, após qualquer tipo de procedimento nossa pele fica sensível e suscetível ao surgimento de manchas, por isso, é importante sempre usar o protetor solar, mas as exposições ao sol devem ser evitadas após os procedimentos.

Faça uso de antioxidantes, eles ajudam a manter a pele jovem e ajudam a manter os efeitos dos procedimentos estéticos feitos.

Evite alimentos industrializados e alimentos de fast food, esses alimentos prejudicam a cicatrização e atrapalham nossa saúde prejudicando nosso sistema imunológico. Evite também alimentos com sódio em sua composição.

O sódio provoca o inchaço e colabora para retenção de líquidos, o camarão também é um dos elementos que devem ser evitados, ele possui quitosana, o que pode causar a inflamação da pele.

Além dos cuidados após a cirurgia, alguns hábitos são importantes para garantir uma boa aparência. Manter uma boa alimentação, fazer exercícios ajudam a retardar o envelhecimento que podem garantir os mesmos resultados dos procedimentos cirúrgicos.

Rinoplastia: após quanto tempo é possível ver os resultados?

Rinoplastia

O pós-operatório da rinoplastia é extremamente delicado e, junto aos diversos cuidados que devem ser tomados, soma-se à expectativa dos pacientes para que o resultado final da cirurgia plástica seja visível.

O tempo para ver os resultados da rinoplastia pode variar em cada caso, mas poderá ser menor e mais satisfatório se o paciente seguir corretamente todas as recomendações médicas indicadas para esse período. Confira mais a seguir!

Como é o pós-operatório da rinoplastia?

Os diferentes cuidados indicados para o pós-operatório da rinoplastia visam reduzir as chances de complicações, diminuir o tempo de recuperação e garantir resultados estéticos mais satisfatórios. Entre as recomendações incluem-se:

  • Curativo: manter o curativo de plástico moldado pelo cirurgião plástico por cerca de sete dias, sendo que posteriormente a imobilização é substituída pela fita adesiva;
  • Respiração: pode ser recomendado o uso de descongestionantes nasais para aliviar a obstrução que pode dificultar a respiração no pós-operatório imediato;
  • Alimentação: nos primeiros dias dê preferência para alimentos frios e macios evitando forçar a mastigação no período;
  • Repouso: nos primeiros sete dias é recomendado um repouso maior, sendo que posteriormente o paciente pode retomar atividades cotidianas mais leves, como trabalho e estudo, dependendo da atividade exercida;
  • Exercícios físicos: atividades mais leves e sem impactos na região operada podem ser realizados após três semanas, enquanto treinamentos mais intensos dependem da liberação médica, o que costuma ocorrer em até três meses;
  • Medicação: para alívio da dor e redução das chances de infecção o paciente deve tomar os medicamentos prescritos que incluem analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos;
  • Protetor solar: o paciente deve evitar ao máximo a exposição solar e sempre usar protetor solar devido aos riscos de manchar a pele devido à sensibilidade da área operada;
  • Sangramento: para reduzir as chances de sangramento nasal o paciente deve evitar atividades extenuantes e manter a cabeça elevada mesmo ao deitar-se, usando dois travesseiros;
  • Óculos: o paciente não deve usar óculos nas primeiras semanas e deve evitar qualquer outro objeto que incida peso sobre o nariz.

Essas e outras recomendações do pós-operatório da rinoplastia serão informadas pela equipe médica antes da alta hospitalar.

Quanto tempo demora para ver os resultados da rinoplastia?

Um dos fatores que mais retardam os resultados da rinoplastia é o inchaço. Devido à sensibilidade das estruturas nasais, elas tendem a inchar bastante em decorrência do trauma cirúrgico.

Em geral, o inchaço começa a diminuir a partir do sétimo dia após a cirurgia, sendo que nos meses seguintes já se tornará quase imperceptível. Cerca de 80% regride entre 90 e 120 dias após a operação.

A cirurgia plástica do nariz tem uma recuperação lenta devido à sensibilidade do local. Os primeiros resultados já podem ser observados nas semanas seguintes ao tratamento, mas o resultado final pode demorar entre seis e 12 meses.

Pacientes com a pele mais grossa podem ter uma cicatrização completa um pouco mais demorada, de forma que ela só pode ser considerada completa depois de mais de um ano. Ainda assim, os resultados parciais da rinoplastia também serão vistos em alguns meses.

Rugas: o que são, causas e maus hábitos

Rugas

As rugas se tratam das depressões e linhas formadas na pele por causa do envelhecimento. São perceptíveis inclinações na pele que aparecem com o passar do tempo por causa da força da musculatura e movimentos dos músculos e demais membros da feição, e infelizmente, não são curadas com medicamentos como o remédio para dor de dente. Essas inclinações, quando influenciadas pelos raios do sol, são capazes de se tornar irreversíveis e profundas, trazendo mudanças na qualidade da pele no interior de suas camadas. Para proporcionarem esses efeitos, as áreas mais expostas ao sol são as mais afetadas, como a testa, pescoço, colo, braços e mãos.

Além do surgimento das rugas, através do processo de envelhecimento se pode haver mudanças na cor do rosto, como é o caso das denominadas queratoses, melanoses, nevos; que são tumores benignos, e o aumento de leucodermias e do número de vasos sanguíneos. As rugas apareçam mais comumente na região do colo e do rosto; principalmente da testa e ao redor dos olhos.

Causas das rugas

As rugas se desenvolvem como um processo natural do passar da idade, denominado intrínseco, possuindo influência de fatores denominados extrínsecos. Uma vez que não somos capazes de não expressarmos nossas emoções pelos movimentos da face, eles são capazes de formarem as rugas gradualmente.

Entretanto, certos fatores externos são capazes de precipitar essa incidência, uma vez que as rugas não aparecem por si. A ausência do creme hidratante, do protetor solar ou de algum tipo de tratamento cosmiátrico, com o passar do tempo as rugas são formadas.

As rugas e os maus hábitos

As rugas, mesmo que possam ser adiadas, são inevitáveis e naturais, sua principal causa é o envelhecimento. Contudo, alguns maus hábitos podem fazer com que elas surjam mais cedo.

Exposição à poluição intensa

Uma série de gases nocivos podem ser encontrados na poluição do ar, esses gases desenvolvem uma espécie de película de toxinas que é submergida pela pele, fazendo com que as reações de oxidação e a sintetização de radicais livres prejudiciais a pele.

O processo natural da oxidação ocorre no organismo, porém, leva ao envelhecimento das células. A demasia de poluição oxida as células tanto da pele as de todo o organismo. Por esse motivo, a prevenção é feita através dos cuidados diários a pele, como o uso do hidratante, do protetor solar e realizando a higienização para a retirada das impurezas.

Ingerir menos água que o necessário

A desidratação possui sinais visíveis nas mucosas e pele. Dentre essas células, temos em sua composição um líquido intersticial, que sustenta a pele, entre demais responsabilidades. A ausência do consumo ideal de água faz a pele ficar flácida e sem viço.

Quando a pele sofre alguma distorção, perde a sua tumefação, não se recuperando facilmente. Um exemplo é que quando beliscamos a pele, rapidamente ela volta a seu estado normal quando paramos com a pressão. Nessas circunstâncias, esse efeito é justificado pela flacidez e desidratação. Beber uma boa quantidade de água; sendo o indicado no mínimo 2 litros diários, também atua na secreção de toxinas.

Muita exposição solar e o não uso do hidratante

A exposição exagerada a luz solar, e especialmente a ausência de proteção solar, é a principal causa do envelhecimento da pele e, em casos mais graves, do câncer de pele. Os raios solares são responsáveis por 80% do envelhecimento desse órgão, e as peles brancas são as que mais sofrem sob esse efeito. Tendo isso em vista, a solução é o uso do protetor solar com retoque diário, mesmo em dias em que o sol não em evidência.

Essa atenção a atenção quanto fatores externos, como os raios solares, e demais como o frio, o vento e a poluição é necessária para obter um rosto de boa elasticidade e bem hidratado. Sem o devido cuidado, flacidez e rugas podem aparecer rapidamente.

As glândulas sebáceas diminuem em escala e dimensão com o envelhecimento, o que leva ao ressecamento da pele. O ressecamento quando superficial leva a coceira e alergias, afetando a elasticidade da pele e também influenciando no aparecimento das rugas. Então, tenha uma rotina de ingestão de água, de hidratação e de uso do protetor solar, só assim as rugas não te incomodarão tão cedo.

A importância da saúde da mulher

saúde da mulher

As mulheres formam a grande maioria em nosso país, abrangendo cerca de 51,7% da população brasileira. O que poucos sabem é que a saúde da mulher e toda a preocupação em volta dela é recente e possui um tempo de apenas de 3 décadas de políticas e protocolos voltados a essa vertente.

A saúde da mulher é imprescindível, e requer uma maior atenção e prioridade ao longo da vida. Ter um cuidado maior a esse aspecto e ao seu bem-estar pode prevenir uma série de enfermidades, aumentando a expectativa de vida e melhorando a sua vivência. O corpo feminino possui as suas particularidades, e devido a essas diferenças, possui uma série de cuidados especiais. Leia mais sobre a importância de tomar as precauções necessárias:

Conheça o próprio corpo

Um dos fatores essenciais para a manutenção da saúde da mulher é o autoconhecimento. Saber sobre o seu corpo, sobre o seu estado mental e limitações, e se atentar a esses requisitos possui um grande peso nas reações e nos resultados futuros.

Se atentar ao organismo faz com que você seja capaz de perceber sinais que possivelmente necessitem de um tratamento com um profissional. A menstruação quando controlada, por exemplo, quando atrasada, já impõe a necessidade de ser contatado um ginecologista. Em caso de doenças, o diagnóstico virá a tempo aumentando as chances de cura.

A importância de cuidar do sistema reprodutor

O sistema reprodutor feminino se trata de uma parte que requer um olhar ainda mais cuidadoso. Mulheres que não possuem a intenção de engravidar também devem se cuidar, uma vez que esses cuidados possuem relação com os níveis hormonais e certos processos do organismo. Caso ocorra um desequilíbrio nas taxas hormonais, a mulher pode ficar suscetível a impactos psicológicos e físicos.

O cuidado quanto a esse sistema também está relacionado a prevenção de doenças. A prática de relações sexuais sem a devida proteção, por exemplo, pode ocasionar na transmissão de diversas DSTs.

As influências do anticoncepcional para a saúde

O anticoncepcional se trata de um dos mais comuns métodos para precaver a gravidez. Também pode ser utilizado por mulheres com hormônios desequilibrados e síndrome do ovário policístico (SOP). Esse produto pode requerer doses hormonais diferentes para cada mulher, indicadas pelo médico, assim como as possíveis consequências. Alguns dos eventuais efeitos colaterais são: amenização ou abolição dos sintomas da tensão pré-tensão (TPM), aumento de peso, alterações de humor e a diminuição da libido.

Entretanto, geralmente esses efeitos dão temporários, depois o organismo se adapta ao medicamento. Por meio de um acompanhamento médico, os ricos são diminuídos. Além disso, os anticoncepcionais podem influenciar de forma ainda mais séria a saúde da mulher, favorecendo a ocorrência de trombose e problemas no sistema cardiovascular.

Portanto, manter uma rotina saudável, com uma boa alimentação, higienização, e a prática de exercícios físicos, acoplada com os devidos cuidados as particularidades femininas e o auxílio médico, é a opção para se adquirir a melhor qualidade de sua saúde geral e uma melhor qualidade de vida.